terça-feira, 6 de julho de 2010

Sacarrolha me dando muitas alegrias

Olá pessoas amigas,
Quero agradecer a todos que por aqui chegam, também vindos do Flickr e Orkut e que me deixam comentários tão carinhosos e cheios de sinceridade.
A Cláudia Helena, artista plástica lá de Fortaleza, uma querida amizade cultivada aqui na internet me mandou um recadinho lá no Flickr. Ela, fascinada que é por Frederico Fellini disse:
" Que liiiindo o Sacarrolha minha amiga!!! Amei!! Parabéns por ele e pelo desafio de fazer um marionete, esses fios devem ser uma tarefa de gincana hehehe.... E esse seu relato afetivo, esse privilégio pertinho de sua avó, me fez lembrar também uma descrição de Fellini quando viu o circo pela primeira vez, montado em frente à sua casa, olha o que ele descreve: " Da primeira vez que o vi, quando criança, a chegada do circo parecia uma aparição. Uma espécie de dirigível, precedida de nada: na noite anterior não havia nada, de manhã estava lá, em frente à minha casa." Não é parecido? Beijão e parabéns de novo.
-Não é que era assim mesmo? Ao acordarmos tínhamos um circo em frente a nossa casa.
- Claudinha é sempre assim... Visitem a exposiçção dela sobre Fellini, sigam o link.

Tenho muitos comentários maravilhosos que vou dividir com vocês, mas tenho um depoimento sobre um outro palhaço Sacarrolha que estou aguardando a autorização para publicar, que acho que vão se emocionar.

-Oi chris: Eu e Bia estamos engatinhando, eu a convenci a manipular a marionete para eu filmar, portanto deixei ela fazer como queria. Eu uso o Editor do Picasa para fotos e montar um filminho, não faz nada com um filme mesmo. Caso alguém tenha uma sugestão de um editor de filmes... Vai aí o que consegui lá no you tube...

Atenção para a grafia da palavra: aquele objeto que usamos para tirar as rolhas das garrafas de vinho chama-se saca-rolhas. Minha marionete chama-se Sacarrolha, é o nome dele uai!
Bom diaaaaaaa!

domingo, 4 de julho de 2010

Desafio artístico de junho

Mais um pacinho dado. Vídeo dos trabalhos do mês de junho da comunidade desafios artísticos. O tema foi o mundo do circo. Participei com minha marionete do palhaço Sacarrolha. Ficou lindo Chris!

Sacarrolha, minha primeira marionete



Mais um desafio artístico cumprido. Este palhacinho fez eu quebrar a cabeça, mas fui estabelecendo uma cumplicidade com a boneco na medida que fui confeccionando. É a mágica da criação, fiz tudo intuitivamaete e tendo vontade se vai longe.
Gosto de ir colocando um nome na medida que vou criando. Este nome Sacarrolha saiu lá de minha infância, de um circo que de vez em quando se instalava num terreno na frente da casa da minha avó em Bangu, RJ, para delícia de todos da minha rua . Imagina o que isto representava na cabecinha das crianças e da moçada toda da rua: conviver com um circo em frente a nossa casa. Ir aos espetáculos quase todo santo dia.



















Sacarrolha era um palhacinho mesmo divertido. Lembro-me daquele carro maluco que sempre enguiçava. Como o riso era fácil!
Aí está meu Palhaço Sacarrolha. Uma maquiagem meio Cirque du Soleil porque afinal até os circos mais modestos, hoje tem lá seu computador e Sacarrolha é um palhaço antenado, mas não perde sua doçura e a alegria.
Quanto ao mundo das marionetes e fantoches, quanto mais vou pesquisando, me informando tenho vontade de criar um monte delas.
Que tal?

Postagem em destaque

Nova Criação

Samantha Fox Criada para o bloco Surdos e mundos para o carnaval de 2017.