quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Sou uma brincante

Ufa! Acabou a empreitada do Carnaval Carioca 2013. Mais um ano com o projeto de meus bonecões. Quando os criei não pensei que as pessoas gostariam tanto.
Quando me dou conta estou rodeada de gente fotografando, rindo, divertindo-se e um monte de crianças encantadas e assustadas.
Tenho um percurso que pode se chamar de fazer artístico fincado na cultura popular brasileira. Sou uma brincante, descobri isto a pouco tempo.  
Segundo define o Instituto Brincante:

 "Brincante é o modo como os artistas populares se autodenominam. Eles nunca se nomeiam "dançarinos" ou "atores", ele se dizem "brincantes"; ao realizar um espetáculo, não dizem que vão "fazer um show", dizem que vão "brincar". Essa visão lúdica do fazer artístico estabelece fronteiras tão distantes da nossa realidade contemporânea que se faz necessário um estudo para compreender a profundidade dessa denominação.

Algumas pessoas que conhecem talvez não compreendam este meu lado de artista popular, mas o que posso dizer que criar bonecos é parte da Rachel, é fruto de batalhas internas seríssimas que travo dentro de mim não é para um mero aparecer, não é. É algo que preciso dar vazão e partilhar. Lancei a brincadeira e brinca quem quiser e como puder.
Não há retorno financeiro, mas já tenho pessoas muito bacanas que resolveram brincar também, é o caso do Badalo de Santa Teresa. Crio e visto os meus bonecões porque me faz muito bem, não me sinto desconfortável por estar metida dentro de um boneco gigante enquanto outros pulam fresquinhos. Não, eu estou dando vida a um boneco, meu boneco... fruto de meu pensar e cada milímetro nasceu de minhas mãos vieram do nada..
O rapaz que pelo segundo ano veste o bonecão Nei, é um especial e ele depois que acaba o desfile me agradece e guarda o boneco com um carinho incrível, o chama de Toquinha... Falo que ele já tem nome, mas acho que não consegue pescar a coisa, então que seja  o Toquinha para ele! 
Foi muito engraçado este ano como Teresona escolheu o rapaz que a carregou no bloco. Ele estava brincando com a esposa e o filhinho, quando ele disse que naquela hora a esposa dele era a Teresona e ficou um tempão brincando de mãos dadas com a bonecona... Na metade do desfile pedi para ele vestí-la, quando vi ele estava lá dentro no maior gás, se divertindo de montão. 

Olha a foto dele:



Vocês não sabem a minha emoção dever minha  criação ganhar vida por outra pessoa. 
Eu brinquei sim, mas fiz também muita gente brincar! 
Sou uma brincante! Sou artista popular! 

Postagem em destaque

Nova Criação

Samantha Fox Criada para o bloco Surdos e mundos para o carnaval de 2017.